Vivendo 52 semanas por ano Vivendo 52 semanas por ano - Página 2 de 211 -
11
fev
2015
Brincando com as cores

Olá meu povo!

Estou voltando, aos poucos!

E hoje, quero mostrar para vocês, não exatamente uma novidade, mas uma coleção de sombras que tem feito sucesso naquelas que amam maquiagem e que adoram uma corzinha.

atplay_sombras

Os trios de sombra da Mary Kay At Play são ótimas!

Pigmentação incrível – que pode ser ainda melhorada com o primer de sombra – e cores maravilhosas!! Valendo mesmo para o dia-a-dia!

Durante muito tempo eu vivia entre o marrom e o dourado. Hoje, depois de muitas tentativas e erros, me permito a colocar uma corzinha! Já misturei roxo com verde – e olha… foi elogio até do marido!!!

Experimente, ouse!

Comece devagar e vá trocando o marrom por outras cores. Você não vai se arrepender!

Beijocas
Cláudia S. Sachs

09
fev
2015
Sistema de Cuidados com a Pele

Quem acompanhou o blog desde o início, deve lembrar que eu não tinha uma rotina super específica com os cuidados necessários e diários com a pele. Confesso que sempre achei meio complicado, cuidar da pele, por vários motivos…

Dificuldade em montar uma linha.

Notem que as grandes marcas, possuem várias linhas. São vários produtos, e se você observar BEM de perto, verá que muitos substituem outros, então, se você pega uma excelente vendedora, chegará em casa com mais cremes do que precisa, e com uma conta bem grandinha no cartão de crédito.

Preço alto

Os kits, com toda a linha necessária, muitas vezes chega a casa de R$ 1.000,00. Sim, tenho certeza que isso deve ser considerado como um investimento, mas mesmo assim… pesa no orçamento.

Preguiça!

Acho que neste quesito, tenho 80% das minhas amigas reais e leitoras do blog! Um dia esquece, no outro se perde, chega tarde, acorda cedo, enfim, um mar de perguntas.

Resultado

Sim! Quando compramos cremes, queremos resultados! Sabemos que na TV o resultado é aumentado em 1.000x e que nem sempre teremos o efeito que a propaganda informa, mas de qualquer maneira, o resultado tem que aparecer. Se não aparece, o investimento, por menor que tenha sido, é muito alto. E a chance desse creme vencer no armário é extremamente alta.

cliniqueAté que conheci os 3 Passos da Clinique. Viajei algumas vezes para fora do país e de lá eu trazia os itens necessários, já que no Brasil era quase inviável.

O resultado na pele era encantador, e depois de 2 semanas usando, a sua pele pede pelo tratamento, você não esquece mais. Cria o hábito e a rotina.

Porém, os 3 passos da Clinique paravam na Hidratação. Neste sistema não tem nada anti-idade, anti-envelhecimento, nada….  Mais o preço Brasil….

 

Foi quando resolvi, desta vez DE VERDADE experimentar a linha de Cuidados com a Pele da Mary Kay.

O preço me conquistou, o resultado era fascinante, pois mantinha a minha pele com a mesma textura que eu já tinha com a Clinique. Mas com uma vantagem – que demorei para me dar conta….

Os 3 passos da Clinique apenas hidratam a pele! Não tem mais nenhuma função, principalmente a função anti-idade, que hoje é de extrema importância para nós mulheres.

Como diria, “estou bege” com essa! Sempre achei que a Clinique era uma forte concorrente à Mary Kay, mas com esta descoberta, já não considero mais como segunda ou terceira opção. Mantenho firme e forte o Sistema Anti-idade de Cuidados com a Pele da Mary Kay.

timewise_marykay

E você, que vem no blog, com qual linha você trata a sua pele?

Beijocas
Cláudia S. Sachs

10
jan
2014
Quadro de Metas

Gurias

Sempre soube que fazer um quadro de metas trazia bons fluidos para a nossa vida. O simples fato de organizar ideias já ajudavam. Por que eu fiz isso no final de 2009, fiz uma espécie de quadro de metas (na época chamei de projeto de vida), onde digitalmente preparei um pequeno álbum com fotos que me lembravam bons momentos. Mas nunca imprimi, abri algumas vezes (poucas, mas extremamente concentradas) e esqueci. Um dia, fuçando no HD, achei as fotos, e vi que quase tudo que estava ali eu havia realizado.

Claro que dá trabalho! Tem que achar as imagens, pensar, ter tempo para recortar e colar, mas vale a pena, ainda mais quando se tem objetivos a serem cumpridos. Dai que encontrei este modelinho de Cartaz de Metas que gostei muito, e aproveitei essa onda de Ano Novo para colocar o meu em prática:

quadro de metas

 

Eu não fiz exatamente dividido, mas em “ilhas” com as ideias organizadas mais ou menos desta forma.

Tenho muitos espaços em branco ainda, que serão preenchidos no decorrer do ano, mas já dá para ter uma ideia do meu futuro próximo. Bem do lado do computador, assim, eu olho para as imagens e me imagino vivendo cada uma das cenas que adicionei no meu cartaz de metas!

Já fez o teu? Quer ajuda? Coloca tuas dúvidas nos comentários! Vamos fazer juntas!

Beijocas
Cláudia S. Sachs

(*) post agendado

08
jan
2014
O Diabo Veste Prada – Filme

Gurias

Faz tempo que não falo sobre filmes aqui né? Este é bem antiguinho… é de 2006.

The Devil Wears Prada (br/pt: O Diabo Veste Prada) é um filme americano de 2006, uma adaptação cinematográfica do bestseller literário de 2003 de Lauren Weisberger com o mesmo título.
Dirigido por David Frankel, esta comédia dramática conta com as participações de Meryl Streep e Anne Hathaway, bem como Emily Blunt, Stanley Tucci, Gisele Bundchen, Heidi Klum e Valentino. Meryl interpreta Miranda Priestly, poderosa editora da revista Runway (revista de moda); e Anne atua como Andrea Sachs, a sua nova secretária.

Este é um dos filmes da minha pequena lista que nunca me canso de assistir. Sempre que dá na TV eu sento e assisto, hipnotizada pelas cenas e pela mudança de comportamento das personagens.

E toda vez que eu assisto, sempre tem uma cena nova, uma parte que não tinha entendido antes, enfim…

O meu veio de Natal… confesso a vocês que meus olhos enxeram de lágrimas, quando marido me entregou, por que eu queria muito o filme, e já estávamos a uns 2 anos procurando e não estávamos encontrando para venda, nem mesmo nos EUA quando estive lá em setembro do ano passado.

Claro, que no mesmo dia, assisti novamente, todos os extras, as cenas cortadas, os erros de gravação. Amo Amo Amo!!!

Mais do que a mudança externa, a mudança da personagem, em busca do que ela acha importante e como ela se posiciona frente as dificuldades. Este filme, para mim é uma fonte de inspiração.

diabovesteprada_antes_depois

E para vocês? Quais filmes vocês não cansam de assistir?

Beijocas
Cláudia S. Sachs

(*) post agendado

06
jan
2014
Quer mudar? Então mude!

Gurias

Ontem, excepcionalmente, assisti Fantástico. Muito raro, mas estava, entre cozinhar feijão, e preparar a janta, vendo algumas cenas na TV.

Até que começou o Max Gehringer falando sobre o desejo de mais de 50% dos entrevistados daquela semana: Mudar de emprego / carreira.

max

 

Clique na imagem para assistir o vídeo da matéria.

Na verdade mudança muitos querem, mas poucos promovem. Do que vi, a maioria das pessoas procura:

Melhor Qualidade de Vida

Melhor remuneração

Mas, isso existe, porém, é necessário MUDAR! E as vezes a mudança dói, por que nos tira da zona de conforto, nos confronta com nossos medos, anseios e nossas limitações, e em alguns casos, as nossas crenças.

Eu mudei, comecei a planejar em final de 2012. Inicio de 2013 fiz pesquisas e em 2 de março entrei para a Mary Kay, inicialmente, para quem não conhece, pode parecer um declínio na carreira (sou formada em Administração de Empresas, com Pós-Graduação na ESPM em Gestão de Pessoas), mas ao estudar mais a fundo, vi que todos os objetivos que eu tinha e que não conseguiria atingir no mercado tradicional estavam me esperando nesta nova empresa – como empresária, autônoma e independente.

Com um detalhe gigantesco! Com QUALIDADE DE VIDA, TEMPO, E MUITA RENDA EXTRA!

É fácil? Não! Mas não é impossível!

É rápido? Bom… o tempo quem determina somos nós… considerando que uma pessoa passa as vezes 5 anos em uma empresa esperando por uma promoção (na maioria das vezes sendo enrolada em motivos prá lá de malucos), aqui, é possível (perfeitamente possível) crescer todos os meses. Basta se empenhar.

E se não der certo? Se você tentar e não der certo, simples, volte para a vidinha anterior e seja feliz, mas, o mais legal, é que nesta carreira você não precisa largar tudo para testar, pode começar aos poucos, com algumas horinhas na semana, ou até mesmo algumas horas no mês.

Mas será que você quer realmente mudar?

Se quiser, me avise, quem sabe eu posso te ajudar?

Beijocas
Cláudia S. Sachs

(*) post agendado

Páginas123456... 211»
%d blogueiros gostam disto: